Apesar da blitzkrieg da TV Globo, pela desmobilização, a greve dos caminhoneiros continua nesta segunda-feira (28) em todo o Brasil. Portanto, a redução de R$ 0,46 no litro do óleo diesel por 60 dias foi insuficiente.

Os caminhoneiros protestam na manhã de hoje em 26 estados e no Distrito Federal. A Infraero afirma que 8 aeroportos estão sem combustível.

Para agravar a situação de Michel Temer, os petroleiros iniciaram esta semana greve nas refinarias da Petrobras. Além da demissão do presidente da estatal, Pedro Parente, os grevistas também exigem a redução nos preços dos combustíveis para todos os consumidores brasileiros.

Os petroleiros exigem que a Petrobras mude a política de reajustes nos preços que estão atrelados, desde outubro de 2016, à variação cambial e à cotação internacional do petróleo.

Comentários

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.