O Portal em movimento

O Portal em movimento

Com regras duras, novo Decreto Municipal Nº 007/2021 flexibiliza atividades comerciais em Grajaú

“CONSIDERANDO as profícuas reuniões ocorridas entre os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, Ministério Público, OAB, e das várias entidades representativas da sociedade, notadamente, a ACIG e demais representantes dos diversos setores da economia local, que assumiram compromisso coletivo de atenderem a todas as normas sanitárias exigíveis ao momento.”, este é um trecho do Decreto Municipal Nº 007/2021 2021 que ‘Atualiza as regras sobre o funcionamento da Administração Pública e das atividades econômicas, mantendo-se as medidas de enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus (COVID-19), e dá outras providências.’ Assinado pelo prefeito municipal, Mercial Lima de Arruda na noite desta sexta-feira (12/03/2021).

BAIXE AQUI O DECRETO EM PDF

Foram 15 dias de intensas reuniões provocadas pela Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Grajaú (ACIG), por meio do seu presidente Uvandson Silva Saboia.

Veja alguns eventos que aconteceram nestes 15 dias:

Na manhã do dia 26/02/2021, vaza nas redes sociais a minuta do Decreto Municipal sobre o fechamento do comércio em Grajaú. A reação dos empresários, especialmente dos que foram mais atingidos pelas regras do decreto foi imediata.

Na mesma manhã, o prefeito Mercial Lima de Arruda (MDB) reuniu com vereadores, secretários e assessores municipais, representante do Ministério Público, entidades de classe, forças de segurança e profissionais da área da saúde para apresentar e definir os detalhes do decreto que vigorará pelo o período de 15 dias.

Reunião para definiu os detalhes do lockdown no município de Grajaú (Foto: Reprodução Live da ACIG).

– Ainda este dia, empresários indignados, entre eles Reginaldo, proprietário da Loja Bello Lar, divulgam áudios nos grupos do whatsapp, convidando os comerciantes em geral e associados da ACIG para protestarem contra as regras empostas pelo prefeito. Ouça o áudio.

– Na tarde deste dia, um grupo de empresários ligados a Associação Comercial e Industrial de Grajaú (ACIG), insatisfeitos com as regras do Decreto Municipal protestam pelas ruas do centro da cidade e fecham a BR-226 na Ponte de Cimento. O protesto não durou muito.

– A meia noite do dia 27/02/2021, entrou em vigor o Decreto Municipal Nº 006/2021 de que ‘Dispõe sobre o funcionamento da Administração Pública e das atividades econômicas, restabelecendo algumas medidas de enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus (COVID-19), e dá outras providências’, fechando algumas atividades comerciais no município, que para muitos, especialmente os comerciantes, foi na verdade um Lockdonw.

– Na manhã desde dia, a ACIG faz campanha pela flexibilização do comércio em Grajaú nas redes sociais e grupos de whastApp. “Luto pelo comércio de Grajaú. Muitas famílias dependem do seu trabalho para sobreviver, o comércio de Grajaú não é culpado pelo aumento de casos do COVID-19. Queremos flexibilização”, informa o anuncio.

– Na manhã do dia 01/03/2021, a Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Grajaú (ACIG), realiza Assembleia Geral da entidade classista para tratar sobre o fechamento do comércio. Somente o grupo de pessoas participam do evento. Veja fotos.

Durante a manhã, população provoca aglomeração nas filas dos bancos da cidade. A situação mais preocupante e ao mesmo indignante é do Banco Privado Bradesco S/A.

– Na tarde deste dia, o prefeito Mercial Arruda, juntamente com o secretário de Saúde, Dr. Júlio Cesar e o advogado da Prefeitura Municipal de Grajaú, Dr. Mauro Henrique vão as nas rádios Aliança FM e Cidade FM para falar sobre o fechamento parcial do comércio de Grajaú, que segundo eles está longe de um lockdown. Na ocasião Mercial disse que ‘não abre mão do decreto; e que não haverá retrocesso’ (áudio)

– Ainda neste dia, o presidente da ACIG solicita reunião emergencial com o prefeito de Grajaú juntamente com sua comissão para debaterem alguns assuntos de interesse da classe empresarial e da população grajauense.

– Na noite do dia 01/03/2021, o presidente da ACIG, Uvandson Silva Saboia divulgou vídeo na conta oficial da entidade classista no Instagram, esclarecendo sobre o impasse entre ACIG e Prefeitura Municipal de Grajaú por conta do Decreto Municipal nº 006/2021 de 26 de fevereiro de 2021, que fechou por 15 dias as atividades comerciais na cidade. “A Associação Comercial não é o grande vilão, e nem inimiga da vida”, disse. Veja o vídeo.

– Na manhã do dia 02/03/2021, o advogado da Prefeitura Municipal de Grajaú, Dr. Mauro Henrique, responde o chamado da ACIG, entidade de classe e prefeitura se reúnem, mais não chegam em nenhum acordo.

– No dia 03/03/2021, aconteceu uma reunião mediada pela juíza de Grajaú, Dra. Selecina Henrique Loacatelli com o prefeito Mercial Lima de Arruda, o secretário de Saúde Júlio Cesar e assessores jurídicos, e membros da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Grajaú (ACIG).

No início da noite, por meio de áudio divulgado nas redes sociais, o presidente da ACIG, fez duras criticas ao secretário municipal de Saúde, Dr. Júlio Cesar. “Eu não sei qual é a sua real intenção com o fechamento do comércio, parece que tem ódio do comércio de Grajaú… Todas as reuniões que participei, eu sinto o desprezo que esse rapaz tem pelo comércio de Grajaú; lamentavelmente! Isso o tempo, a história vai cobrar caro, e vamos ver quem são os devedores que vão pagar”, criticou.

Na manhã sexta-feira (05/03/2021), Dr. Júlio Cesar, respondeu as críticas do presidente da ACIG, Uvandson Saboia que afirmou que o Secretário de Saúde tem desprezo pelo comércio de Grajaú. Além da resposta, o responsável pela saúde municipal atualizou a população sobre os casos de COVID 19 registrados pela secretaria; falou dos testes; esclareceu sobre o calendários e quantidade de doses recebidas e aplicadas da vacinas contra o coronavírus, e todas as ações que o município está fazendo para combater a pandemia.

Na manhã do dia 08/03/2021, associados da ACIG se reuniram na sede da entidade para debater e elaborar propostas que foram apresentadas na reunião com o prefeito Mercial na tarde do mesmo dia. O grupo defendeu a abertura do comércio com regras sanitárias mais rígidas.

– Durante a do mesmo dia, aconteceu uma reunião promovida pela Prefeitura Municipal de Grajaú com o objetivo de criar a Comissão Pós-decreto para definir as regras do novo decreto em combater o avanço da Covid-19 no município.

– No final da tarde do dia 09/03/2021, associados da ACIG se reúnem em assembleia para avaliar os efeitos do fechamento do comercio por meio do Decreto Municipal nº 006/2021, e sugerir propostas de flexibilização para o próximo decreto. Na ocasião empresários do setor de academias disseram que estão quase fechando as portas para sempre. Veja fotos.

– Na tarde da quinta-feira (10/03/2021), reuniu no prédio da Academia Grajauense de Letras e Artes, a Comissão Pós-Decreto formada por 15 membros representando o poder executivo municipal, o poder legislativo, a ACIG, as forças de segurança pública e as escolas particulares.

Reunião da Comissão Pós-Decreto neste momento na Academia Grajauense de Letras (Foto: ACIG)

– Na tarde de ontem (11/03/2021), o prefeito Mercial Arruda se reuniu com a Comissão Pós-Decreto para ouvir as propostas que serão atualizadas no novo decreto municipal por mais 15 dias.

Leia abaixo o Decreto na íntegra:

 

 

 

Nos siga no Google Notícias

Comentários

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

01:56:38

Em programa especial sobre os 211 anos de Grajaú, TV Sinteegra On-line desta economia do município

Na manhã sexta-feira (29/04), data comemorativa do Aniversário do Município de Grajaú, neste ano completando 211 anos de fundação,...
- PUBLICIDADE -