Filiados e filiadas da militância petista irão às urnas, em todo País, neste domingo (08), das 9h às 17h, para votarem no Processo de Eleições Internas (PED) do PT, no 7° Congresso do partido. A militância elegerá os presidentes dos diretórios municipais e zonais, a composição dos diretórios municipais e zonais, além de delegações aos Congressos Estaduais e ao Congresso Nacional do PT – Lula Livre.

Em Grajaú, o partido deu início em julho com o registro das chapas: Unidade Partido para Todos, encabeçada por Simone Almeida, liderança do Projeto Boa Vista, e Articulação e Resistência com Lula Livre em Grajaú, liderada pelo jornalista Francisco Matias.

“Eleito presidente do Partido dos Trabalhadores de Grajaú, meu compromisso é com a unidade desse partido; fortalecer a base por meio da organização partidária; das lutas sociais e populares; com a formação política de nossos filiados e companheiros da caminhada; apresentar as ações institucionais e programas da sigla, e por meio de uma comunicação através das redes sociais fazer a ligação do partido com a sociedade grajauense”, explicou Francisco Matias, secretário municipal de Organização do PT de Grajaú e candidato a presidente no PED 2019.

Os 465 filiados de Grajaú aptos a votar neste processo de eleição 2019, votaram nas chapas nacional, estadual e municipal.

Chapas municipais do PT Grajaú são:

CHAPA ARTICULAÇÃO E RESISTÊNCIA COM LULA LIVRE EM GRAJAÚ com o número 680

UNIDADE PARTIDO PARA TODOS com o número 650

Para presidente do PT municipal de Grajaú, os filiados votaram em:

SIMONE, com o número 550 e MATIAS com o número 580

A direção do partido acredita que os companheiros responderam o chapado para participar deste processo democrático que está sendo construindo por várias companheira e companheiro que sempre lutou na defesa do direito e da dignidade da pessoa humana, especialmente os mais humildes.

Saiba mais sobre as eleições do PT

Em relação à renovação do quadro dirigentes estaduais, nos dias 19 e 20 de outubro o Congresso estadual, já com a delegação eleita, tratará da renovação destas direções.

E, em novembro, nos dias 22, 23 e 24, em São Paulo, o 7° Congresso Nacional, que elegerá o quadro de dirigentes nacionais, debaterá a seguinte pauta:

  1. a) A luta por um mundo sem exclusão, sem fome, sem desigualdade e sem guerras. A Política Internacional do PT;
  2. b) A alternativa democrática e popular para o Brasil. Programa, Estratégia, tática e alianças e
  3. c) A organização do PT como partido socialista democrático e de massas. Funcionamento Interno.

Veja todas as fotos. Clique aqui