Marcelo Otsuka mostra a Grajaú que ser irmão do prefeito traz muitos títulos e benefícios

Mesmo sem exercer função, ele é promovido inspetor da Guarda Municipal

0
3783

Não há coisa melhor do que ser irmão do prefeito de Grajaú. Pelo menos para quem já experimentou tal “honraria”. O da vez é o Marcelo Otsuka e mais uns dois que se beneficiam com o poder do gestor municipal. Explicamos: Marcelo é o atual diretor administrativo da Secretaria Municipal de Saúde e mesmo assim foi promovido ao cargo de inspetor da Guarda Municipal. Bom, não? É um dinheiro a mais que entra no bolso. Ele assumiu a função durante solenidade em comemoração ao Dia da Guarda Municipal na manhã de sexta-feira (9).

Também foram promovidos a inspetores Classe B, conforme estabelece o Estatuto Municipal da Guarda Municipal, a comandante da Guarda, Helyce Santos Sales e Gilsimar Rodrigues Barros. Este que atualmente exerce a função de gerente de compras da Prefeitura Municipal de Grajaú.

Ilegalidade

Para um grupo de 25 guardas municipais (GM) que já acionaram o Ministério Público do Maranhão, e registraram Boletim de Ocorrência (BO), a promoção é ilegal porque infringe o artigo 38 do estatuto da corporação. “O Guarda Municipal que estiver cedido e/ou licenciado por interesses particulares para exercer funções pertinentes da Guarda Municipal a outros órgãos da administração Pública Municipal, Estadual ou Federal, não terão direitos à promoção pelos casos constatados no artigo 36”, notifica a lei.

Artigo que proíbe promoção de Marcelo Otsuka (Divulgação/WhatsApp)
Artigo que proíbe promoção de Marcelo Otsuka (Divulgação/WhatsApp)

Ao Blog de Olho em Grajaú, Marcelo Otsuka disse estar surpreso com a revolta dos companheiros, e apresentou os elementos que garantem sua nomeação. “Sou da primeira turma, da época do Coronel Alcino Batista; fui monitor do curso dos guardas, contribuindo para a formação de muitos deles, e ainda na gestão do ex-prefeito Mercial Lima de Arruda fui promovido diretor do Departamento de Trânsito”.

Já a nova inspetora e comandante da GM, Helyce Sales, lamenta a atitude dos colegas, quando expõe os assuntos internos da corporação. Segundo ela, a sua promoção é motivada pela função que exerce à frente do comando da guarda.

Motivação da revolta

Para o grupo de Guardas, o caso mais gritante é o do irmão do prefeito Júnior de Sousa Otsuka que está cedido para a Secretaria Municipal de Saúde, e justamente por isso tem grande influência no comando da Guarda. Só para dar um exemplo de que ser irmão do prefeito muda o jogo no tabuleiro do Xadrez: Marcelo teve um desentendimento com o secretário da Secretaria Municipal de Defesa Social, Cidadania e Direitos Humanos, Jorge Hilário, durante o período de carnaval deste ano. No fim das contas, o secretário perdeu sua autonomia sobre a Guarda Municipal, corporação que deveria ser subordinada à Secretaria.

Acúmulo de funções

Marcelo também comanda o Sindicato dos Guardas Municipais e Agentes de Trânsito de Grajaú (SIGUMATRANG), órgãos em que, segundo os GM’s, existem muitas irregularidades. “Nunca fomos beneficiados por esse sindicato quando precisamos, e ali não há ninguém que nos ajude”, reclamou um guarda que não quis se identificar.

O Sindicato também sofre a influência de Marcelo Otsuka. “Uma vez o presidente era o Gilsimar, hoje parece que é o Marcelo; não temos conhecimento se houve alguma eleição para a escolha da nova diretoria, sendo que a primeira nunca teve; por causa desse descaso a maioria deixou a instituição. Apenas uns dez GMs ainda fazem parte”, explicaram alguns membros da corporação.

Recebe sem trabalhar

Desde sua criação em 2010, o Sindicato só serviu para agregar os GM’s Gilsimar e Marcelo, mas sem mostrarem serviço. Apossaram-se do órgão apenas para apedrejar a gestão do ex-prefeito Mercial Arruda. Mas lutar pela categoria que é bom?!

Os GM’s suspeitam que tanto Marcelo como Gilsimar estão na folha de pagamento da Guarda Municipal, motivo que pode comprovar a promoção prevista no Plano de Cargos e Carreira da GM. Mas a pergunta que não quer calar mesmo é esta: por que foram promovidos estando afastados de suas funções? Ah! Ser irmão do prefeito ou amigo dos amigos do comandante vale muito a pena.