O Portal em movimento

O Portal em movimento

Via Sacra chega aos 37 anos com grande público em apresentações pelas ruas do Anjo da Guarda

O sofrimento de Cristo demonstrado na peça é mais um momento de refletir sobre quem somos com nossos irmãos

São 37 anos do mais tradicional espetáculo que encena a vida e ressurreição de Cristo e que atraiu milhares de pessoas para prestigiar a história bíblica. Coroando a Semana Santa, a Via Sacra tomou as ruas do bairro Anjo da Guarda, no primeiro dia de apresentação, na noite desta quinta-feira, 29.

Este ano, a peça trabalha o tema ‘Comunidade: um terço da memória’, homenageando os moradores do bairro. O espetáculo religioso é realizado pelo Grupo Independente de Teatro Amador (Grita) com apoio da Lei de Incentivo à Cultura e do Governo do Maranhão. “É uma
tradição do teatro maranhense e que marca o período da Semana Santa. O apoio do Governo só reforça a parceria com a cultura e a arte do Maranhão”, destaca o secretário de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), Diego Galdino.

Representando o papel de Cristo há 10 anos na peça, Joreg Smith relatou a emoção que, segundo ele, permanece mais forte a cada ano.

“É uma carga emocional muito grande, que nesta uma hora e meia de espetáculo desperta vários sentimentos. Eu me orgulho de ser morador dessa comunidade tão sofrida e poder representar essa que é a maior personalidade do mundo”, disse.

O sofrimento de Cristo demonstrado na peça é mais um momento de refletir sobre quem somos com nossos irmãos, pontua a professora Maria Helena Cantanhede, 34 anos, que é moradora do bairro e sempre que pode, acompanha a encenação tradicional. “Gosto demais deste espetáculo e a cada ano, a gente vê que é mais emocionante. Não tem como não se envolver, chorar e pedir mais união, mais amor”, enfatiza.

Espetáculo

Encenado ao ar livre, o espetáculo tem sete atos distribuídos ao longo do bairro. Na Praça Recanto da Paixão, o primeiro ato com o “Incêndio do Goiabal”, “Os Heróis do Boi de Ouro”, “O Parto”, “O Batismo”, “A Tentação”, “As Bem-Aventuranças”. No segundo ato, na Avenida
Dinamarca, foi encenada a “Caminhada de Ramos” e a “Entrada de Jerusalém”. No terceiro ato, no Largo do Teatro Itapicuraíba, há a apresentação da “Pirofagia”, “Números Cirsenses”, “Expulsão dos Vendilhões”, “Possuído” e “Barrabás”.

O tradicional “Lava Pés”, a “Santa Ceia”, a “Conspiração”, o “Horto” (de Cena Projetada), o “Sinédrio”, o “Sonho de Cláudia Prócula”, “Pilatos e Quintilius” e a “Condenação de Cristo” acontecem na Praça do Anjo, no quarto ato. No quinto ato, acontece a “Via Crucis”, a “Mulher de Jerusalém”, o “Encontro de Verônica” e “Sirine”.

No sexto ato, na Rua Palestina, é encenado o “Corredor da Reflexão”. A peça finaliza com o “Encontro de Jesus com Maria”, a “Crucificação de Jesus”, o “Pietá”, o “Enforcamento de Judas”, o “Anjo da Anunciação” e a “Ressurreição”.

Na sexta-feira, 30, mais uma apresentação encerra a temporada da peça na Semana Santa.

Este ano, pela primeira vez, o espetáculo teve uma canção original em forma de oração e conta com cenário giratório, onde são apresentadas sete cenas. São pelo menos 2,5 mil pessoas envolvidas na produção da peça. A Via Sacra já foi vista por cerca de dois milhões de pessoas, desde sua primeira apresentação em 1981.

 

Nos siga no Google Notícias
Redação Grajaú de Fato
Redação Grajaú de Fatohttps://grajaudefato.com.br
O portal em movimento, é um jornal online sobre notícias do município de Grajaú e região.

Comentários

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

01:56:38

Em programa especial sobre os 211 anos de Grajaú, TV Sinteegra On-line desta economia do município

Na manhã sexta-feira (29/04), data comemorativa do Aniversário do Município de Grajaú, neste ano completando 211 anos de fundação,...
- PUBLICIDADE -