Desde setembro, o Ministério Público da Comarca de Grajaú retirou dos intervalos dos canais abertos TV Grajaú (Mirante-Globo) e Nova TV (Band) as propagandas das obras realizadas pelo prefeito Mercial Lima de Arruda no município. A denúncia foi protocolada no dia 2 de setembro e pedia ao Ministério Público ajuizar as devidas ações a fim de moralizar os princípios constitucionais segundo o artigo 37 § 1º da Constituição Federal.

A ação foi realizada por meio de denúncias requeridas pelos professores, Deusimar Nascimento (presidente do Sinteegra e do PT de Grajaú) e Marleide de Almeida Silva, que denunciaram as publicidades porque o prefeito, que também é repórter das suas próprias propagandas, cita nomes de políticos que, segundo ele, colaboraram com recursos para a realização das obras. Tal ação é ilegal em período de campanhas eleitorais.

Com a frase, “Esse é mais um bom produto do governo que trabalha para melhorar a vida pessoas”, o prefeito de Grajaú, Mercial Lima de Arruda, iniciou no fim do mês de agosto, sua intensiva maratona de campanhas publicitárias por meio da TV com a finalidade de apresentar obras e realizações do seu governo.

Veja vídeo apresentado pelo prefeito Mercial Arruda

Segundo a Secretaria de Comunicação da Prefeitura Municipal, a campanha faz parte das comemorações dos 200 anos de Grajaú. A pretensão é divulgar “as mais de 200 obras realizadas pelo prefeito Mercial ao longo do seu governo”. Para o chefe de gabinete da Prefeitura, Antônio Caetano, o fato não passou de um mal entendido que logo após as eleições serão resolvidos. “A divulgação das ações da prefeitura municipal irão voltar ao ar novamente”, comentou Caetano.