O Portal em movimento

- PUBLICIDADE -[adrotate banner="1"]

Mortes em agência da Caixa Econômica Federal de Grajaú podem ter sido homicídio seguido de suicídio, segundo a polícia

Os vigilantes Eraldo Viana Nogueira e João Paulo Jorge foram levados para Hospital Geral de Grajaú pelo SAMU mais não resistiram aos ferimentos

No final da tarde desta segunda-feira (18), os vigilantes da Caixa Econômica Federal de Grajaú, Eraldo Viana Nogueira, 37 anos, conhecido por Bigobal, e João Paulo Jorge da Silva, 34 anos, foram encontrados nas dependências da agência bancaria feridos a tiros.

Os dois foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levados para o Hospital Geral de Grajaú (HGG), mais não resistiram aos ferimentos; Eraldo morreu logo ao dar entrada, e João Paulo que ainda foi internado na sala vermelha veio a óbito minutos depois.

Atendimento do SAMU de Grajaú. (Foto: WhatsApp)

As polícias Civil e Militar foram acionadas após correntistas ouvirem disparos. Uma multidão de pessoas lotou a frente do banco.

Frente da agência da Caixa lotada de pessoas. (Foto: WhatsApp)

Ainda não se sabe o motivo das mortes, mas as principais suspeitas dão conta que o caso pode se tratar de um homicídio seguido de suicídio. Contudo a polícia civil de Grajaú já abriu investigação.

Por conta da situação, a agência está fechada na terça-feira (19) para o atendimento ao público.

Veja vídeo

 

Nos siga no Google Notícias
Redação Grajaú de Fato
Redação Grajaú de Fatohttps://grajaudefato.com.br
O portal em movimento, é um jornal online sobre notícias do município de Grajaú e região.

Comentários

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -[adrotate banner="5"]