Morreu no início da tarde desta terça-feira (21), o jornalista Roberto Fernandes. Ele havia dado entrada no Hospital UDI, em São Luís, com um quadro de pneumonia e chegou a ficar vários dias entubado.

Roberto Fernandes também foi diagnosticado com o novo coronavírus (Covid-19). Nesta terça (21), a família confirmou a morte cerebral do jornalista.

Roberto Fernandes tinha 61 anos e era natural de Vitória de Santo Antão, município localizado em Pernambuco. Ele se formou em jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), radialismo e direito. Durante sua carreira, ele teve passagens pela Rádio São Luís AM, TV Brasil (antiga TVE) e Rádio Educadora AM. Roberto Fernandes também foi presidente do Moto Club, time de futebol maranhense.

Em 1999, Roberto Fernandes ingressou no Grupo Mirante. Há 20 anos, ele apresentava o programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, um dos líderes de audiência nas manhãs da rádio no Maranhão. No jornalismo, ele atuou como comentarista esportivo do canal SporTV em jogos do Sampaio Corrêa no Campeonato Brasileiro série B.

Atualmente, além do seu programa na rádio, ele também era apresentador de política do programa Bom Dia Mirante. Roberto Fernandes era conhecido pelo jeito duro de fazer críticas políticas e por seu bom humor com colegas, ouvintes e telespectadores.

O Jornal Grajaú de Fato lamenta profundamente, e presta solidariedade aos familiares, parentes e amigos.

Veja fotos do jornalista