Brasília é a cidade com a melhor qualidade de vida do país, segundo ranking mundial

0
862

Brasília é apontada como a cidade com maior qualidade de vida do país e 106ª do mundo em ranking divulgado nesta segunda-feira (22) pela consultoria Mercer. A empresa diz elaborar o ranking “para auxiliar empresas multinacionais e outras organizações a remunerar de maneira justa seus empregados enviados em transferências internacionais” e tem como referência dez critérios, subdivididos em 39 categorias, como acesso a moradia, qualidade do ar, problemas de transporte, educação e entretenimento.

A posição de Brasília é a mesma da do ano passado. As outras três cidades brasileiras listadas foram Rio de Janeiro, em 117º (subiu um lugar em relação a 2015); São Paulo, em 121º (caiu duas posições por causa da crise da água e do aumento de ocorrência de doenças infecciosas) e Manaus, em 125º (subiu uma posição). O ranking traz ao todo 230 locais em todo o mundo.

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, afirmou ver com “alegria” a posição da cidade no ranking. “É uma cidade bastante arborizada, a população é bastante afetiva. Brasília ainda tem uma segurança que é em média melhor do que da maioria das cidades brasileiras. Nós temos uma infraestrutura de serviços boa, então acho que o conjunto dessas coisas fazem de Brasília a cidade com a melhor qualidade de vida do país.”

Rollemberg disse considerar como meta fazer com que esse cenário se estenda para as regiões administrativas além do Plano Piloto. O desafio, para ele, é melhorar a qualidade de atendimento na saúde pública. Já os locais que destaca são o Parque da Cidade, as cachoeiras, o Clube do Choro e as feiras, como as do Guará e de Ceilândia.
“Tem ainda toda a questão da diversidade cultural. E acho que poucas cidades vão ter o privilégio do Parque Nacional de Brasília com aquelas piscinas deliciosas e, em pleno século 21, onças se reproduzindo em condições naturais”, declarou.

O ranking

Viena (Áustria) ocupa o primeiro lugar, seguida por Zurique (Suíça) e Auckland (Nova Zelândia). Na América Latina, Montevidéu (Uruguai) tem a melhor da região – 78ª. Santiago (Chile) e Buenos Aires (Argentina) aparecem em 93º e 94º lugar, respectivamente.

A comparação tem como alvo “empresas e multinacionais que devem avaliar quanto mais pagar ou como compensar seus empregados por dificuldades que eles enfrentarão quando são enviados, por exemplo, de Londres a Buenos Aires”, disse o pesquisador que liderou a equipe do estudo, Slagin Parakatil, à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC.

A pesquisa faz parte da Pesquisa de Qualidade de Vida Mundial divulgada anualmente pela consultoria. Nesta edição, a empresa incluiu um novo fator de avaliação, sobre segurança pessoal. Nesta categoria, Luxemburgo ocupa o primeiro lugar. Entre as brasileiras, Manaus é a melhor colocada. Atrás dela fica Brasília, em 134ª, Rio de Janeiro, em 185ª, e São Paulo, em 192ª.