Com dificuldades, prefeito Júnior Otsuka cumpre promessas de campanha mudando a cara da infraestrutura de Grajaú

Desde 2013, todas as pavimentações de ruas executadas em Grajaú tiveram o dedo da Prefeitura Municipal

0
2680

Já próximo do fim do terceiro ano da primeira gestão municipal do prefeito Júnior Otsuka em Grajaú, ele concedeu uma série de entrevistas ao Jornal Grajaú de Fato, que passamos a publicar a partir desta segunda-feira (5). Nesta, o prefeito fala do maior desafio da sua gestão: a infraestrutura.

Desde que assumiu em janeiro de 2013, uma das promessas de campanha do prefeito era mudar a cara da infraestrutura de Grajaú. No bairro Canoeiro, ele deu início a esses trabalhos com a drenagem das águas para poder aplicar o asfalto próximo ao Hospital Itamar Guará e ao Posto da Vivi, às margens da BR-226, trabalho que foi feito totalmente com recursos próprios. Paralelamente deu-se início aos projetos de pavimentação com convênios do Governo do Estado do Maranhão no valor de R$ 1,4 milhão.

Drenagens das águas na região do Posto Canoeiro, conhecido, por Posto da Vivi
Drenagens das águas na região do Posto Canoeiro, conhecido por Posto da Vivi

Após esse serviço, a Prefeitura deu início ao projeto de recapeamento de 4 km de ruas. Desse total, mais de 60% já foi concluído com recursos conveniados com o Estado, que repassou até o ano passado 30%, ou seja, ainda falta o repasse de 70%. “A partir do momento em que for pago mais uma parcela de 40% nós vamos concluir todo o convênio específico do Canoeiro”, garante o prefeito.

Na Vilinha, a Prefeitura de Grajaú fez um projeto para sanar o problema de águas pluviais, serviço que foi executado pelo Estado do Maranhão que aplicou 6 km de asfalto no bairro, que está quase concluído, faltando apenas 1 km de aplicação de meios-fios e sarjeta.

Expoagra

Além desses 6 km, a Prefeitura pediu ao Governo do Maranhão um aditivo de mais 6 km de asfalto para o bairro Expoagra, que teve início logo após a vinda do governador Flávio Dino ao município, no dia 25 de setembro. Sem querer entrar em detalhes, o prefeito Otsuka afirmou que o projeto de asfaltamento da Expoagra é de sua gestão. Ele declarou que agora a prefeitura faz o papel de fiscalizar o trabalho que vem sendo desenvolvido. “A nossa função agora é fiscalizar se está sendo feita a topografia correta, se estão aplicando piçarra de qualidade, se eles estão fazendo a base e sub-base e caso não façam como deve ser, nós denunciaremos ao Governo do Estado, mas está tudo indo bem”.

Bairro Expoagra é contemplado pelo Programa Mais Asfalto do Governo do Estado do Maranhão
Bairro Expoagra é contemplado pelo Programa Mais Asfalto do Governo do Estado do Maranhão

Extrema

Para pavimentar o sofrido bairro Extrema, a Prefeitura conseguiu junto ao Governo do Estado até o momento 70% do convênio, em duas parcelas: uma de 30 e outra de 40%. E já foi concluído o trabalho completo e agora está sendo pintada a sinalização vertical para a conclusão dos 100%.

Ruas do bairro Extrema recebe sinalização vertical
Ruas do bairro Extrema recebem sinalização vertical

Calçadões

Cartões postais da cidade, os calçadões estão mudando a principal via que corta a cidade de Grajaú. O calçadão sentido Imperatriz é um convênio de R$ 500 mil com o Estado, serviço com mais de 60% da obra concluída. Um quiosque próximo a Auto Peças Falcão será cedido para as comunidades indígenas venderem produtos artesanais. Para a empresa responsável pela obra foi liberado apenas 5%, mas já concluiu 60% da obra.

O Calçadão nas margens da BR-226, bairro Canoeiro está sendo feito com recursos do tesouro municipal
O Calçadão às margens da BR-226, bairro Canoeiro, está sendo executado com recursos do tesouro municipal

O calçadão no sentido Centro será contemplado com gramado e estacionamento, a obra é totalmente feita com recursos da Prefeitura de Grajaú no valor de R$ 372 mil e começa na Lotérica do Canoeiro até o Posto da Vivi, na saída da cidade. Da lotérica até a Motoca Honda será um calçamento de pedras. “Tivemos que apertar os cintos para conseguir executar essa obra, com recursos do IPTU, ISS, alvarás; nós já pagamos aproximadamente R$ 100 mil, mas já temos mais da metade da obra construída e vamos pagando conforme a execução que devemos inaugurar até dezembro.

Centro

Outro convênio que já está em andamento com o Governo do Estado é a pavimentação de 3 km de ruas no Centro da cidade. A Prefeitura já recebeu 5%, a empresa já foi licitada e só aguarda receber mais 30% para poder começar a executar a obra. A Cidade Alta também foi contemplada e já recebeu asfaltamento ao redor do Campo Socyete em 2014.

veja fotos