O Portal em movimento

O Portal em movimento

Homem que estuprou e matou a menina Maísa confessa crime

Guiguinê foi apresentado por meio da SPCI na tarde desta quarta-feira (25) na sede da sede da secretaria, no bairro Vila Palmeira

A Policia Civil prendeu hoje Jose Ribamar dos Santos Protázio, mais conhecido como “Guiguinê”, acusado de ter estuprado e matado a menina de 6 anos, Maísa Moreno, no povoado Queimadas na cidade de Urbano Santos, a 567 km de Grajaú.

O acusado confessou o crime, contou detalhes à Polícia Civil do Maranhão, e foi apresentado por meio da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), na tarde desta quarta-feira, na sede da secretaria, no bairro Vila Palmeira.

A polícia informou que José Ribamar estava bebendo com uns amigos, sentiu dor no dente e disse que iria sair, foi quando encontrou a menina Maísa sozinha, brincando em sua a porta, e a convidou para ir ao matagal. Foi quando cometeu o crime.

As investigações da polícia dão conta que esse não é o primeiro caso de estupro cometido por José Ribamar. Ainda existem outros crimes cometidos pelo acusado e à polícia continua investigando.

Outras pessoas também foram presas em Urbano Santos acusadas de atearem fogo no Fórum e na delegacia da cidade, e por terem roubado arma de dentro do Fórum.

Os acusados responderão por crime qualificado e tentativa de homicídio por jogarem pedras contra os policiais.

Um radialista e blogueiro da cidade, identificado como Franklin foi preso e acusado por ser o mentor de todo o crime contra o patrimônio público.

Todos foram encaminhados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

José Ribamar dos Santos Portacio é suspeito de estuprar e matar menina de seis anos (Foto: Alessandra Rodrigues/Mirante AM)
José Ribamar dos Santos Portacio é suspeito de estuprar e matar menina de seis anos (Foto: Alessandra Rodrigues/Mirante AM)

O caso

O crime aconteceu no sábado, 21, quando a menina Maísa Moreno da Silva, de 6 anos, estava brincando próximo a sua casa. O corpo de Maísa só foi encontrado no dia seguinte, em um matagal no bairro Queimadas, com várias marcas e sinais de abuso sexual.

Maísa Moreno da Silva, de seis anos, foi estuprada, espancada e deixada em matagal para morrer (Foto: Divulgação/Polícia)
Maísa Moreno da Silva, de seis anos, foi estuprada, espancada e deixada em matagal para morrer (Foto: Divulgação/Polícia)

Revolta da população

Na tarde da terça-feira (24), centenas de moradores revoltados cercam a delegacia para tentar linchar os suspeitos de participação no crime da menina Maísa.

urbano-santos-clima-populacao
Populares de Urbano Santos revoltados cercam a delegacia para tentar linchar os suspeitos (Foto: Redes Sociais)

Os suspeitos de terem cometido o crime foram transferidos para a delegacia da cidade de Chapadinha, a 62 quilômetros de Urbano Santos. Com a transferência, o protesto fugiu do controle da polícia e vários prédios e veículos públicos passaram a ser depredados.

Segundo o secretário de Segurança Pública do Estado do Maranhão, Jefferson Portela, a confusão ocorrida na cidade de Urbano Santos, foi provocada por boatos disseminados de que pessoas que tinham sido conduzidas à delegacia seriam os suspeitos da morte da menina Maísa Moreno.

“As sete pessoas que foram dirigidas à delegacia eram apenas testemunhas do caso e que ajudariam a chegar até o autor do crime que chocou o Maranhão. Porém, a ação violenta dos moradores, prejudicou e muito as investigações”.

Veja vídeos da revolta da população de Urbano Santos

Nos siga no Google Notícias
Redação Grajaú de Fato
Redação Grajaú de Fatohttps://grajaudefato.com.br
O portal em movimento, é um jornal online sobre notícias do município de Grajaú e região.

Comentários

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

01:56:38

Em programa especial sobre os 211 anos de Grajaú, TV Sinteegra On-line desta economia do município

Na manhã sexta-feira (29/04), data comemorativa do Aniversário do Município de Grajaú, neste ano completando 211 anos de fundação,...
- PUBLICIDADE -