Dom Franco recebe homenagens das comunidades da Paróquia Nosso Senhor do Bonfim

O bispo diocesano de Grajaú, Dom Franco Cuter, comemorou na última terça-feira (28), 75 anos de vida. Centenas de fiéis, padres, religiosas e religiosos, participaram da missa em ação de graças na Catedral Nosso Senhor do Bonfim.

Durante a homilia Dom Franco destacou a presença da Igreja de Jesus na Diocese de Grajaú. “Por meio de Jesus, somos presença de vida e salvação, e a exemplo dele, levamos palavras de esperança ao seu povo”. Lembrou ainda as grandes dificuldades da sua caminhada pastoral. “Dentro de nossas comunidades está presente também o joio, sinal de morte, egoísmo, pecado, que dificulta abertura à mensagem de esperança de Jesus”.

Com esperança exortou a continuarmos firmes na fé. “Esses sinais não existem para nos desanimar, mas para que acreditemos que Jesus nos colocou no mundo para que, com força e esperança, sejamos sinal de vida e salvação; por isso continuemos firmes na missão de levar a Boa Nova aos necessitados, pois ele nos incentiva a continuar a exemplo de Nossa Senhora que soube servir ao projeto do reino com amor e confiança”.

Ao final, diversas homenagens recordaram o inicio do episcopado de dom Franco, sua vida e missão a serviço da Igreja de Cristo no mundo. As comunidades de Nosso Senhor do Bonfim, centro; São Pedro, bairro Aeroporto; Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, Conjunto Habitacional Joana Batista, além de grupos e pastorais destacaram a missão do bispo nos 17 anos à frente da Igreja Particular de Grajaú. “Foram muitos momentos juntos, encontros, amizades, ensinamentos, tudo isso nossas comunidades puderam vivenciar com o senhor; por tudo isso só temos a agradecer pelo bom pastor que é”, disse Carlota Araújo de Andrade, da comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.