O Portal em movimento

- PUBLICIDADE -[adrotate banner="1"]

Grajauense Valdemar Calango morre vítima de câncer

Ele leva consigo lembranças tradicionais da nossa Grajaú de outrora, desde a arte de ser ferreiro ao sobrenome tão característico da família

Amigo Professor Vitoriano (Divulgação/Facebook)
Amigo Professor Vitoriano (Divulgação/Facebook)

Após três de luta contra o câncer nos pulmões, um dos últimos ferreiros de Grajaú morre na madrugada desta quarta-feira (30). Valdemar Alves Lima, casado com a senhora Dorinha e pai de seis filhos “foi um grajauense, exemplo de dignidade e cidadania”, afirma o professor Vitoriano Melo.

“Aos familiares os meus pêsames. Lamentamos pelo falecimento desse grajauense, um exemplo de dignidade e cidadania”.

“Bom dia, meu pai faleceu gente, muito triste”, comunicou a filha Simone Nogueira Lima em seu perfil no Facebook.

morre-valdemar-calango (18)

Valdemar Calango como era conhecido por todos, foi servidor público estadual com vigilante do Colégio Urbano Santos e exercia a profissão de ferreiro, um dos últimos de sua época. Junto com a família luto conta um câncer nos pulmões que dia foi lhe consumindo.

Filha Leonete Nogueira (Divulgação)
Filha Leonete Nogueira (Divulgação)

“Na terça-feira dia 29 de julhos eu Leonete fomos ao consultório médio do Dr. Rodrigo Valença Vasconcelos no Hospital São Marcos com meu pai Valdemar para resultado dos exames, que foi um sucesso, os nódulos diminuíram e hoje 02/08/2014 ele tomou a quimioterapia e está bem, sem nem uma alteração. Agradeço à todos os amigos(as), pelas orações que tenham feito por ele. A Família então nem tem palavras para dizer o quanto são importantes. Amo à todos”, publicou a filha Leonete Nogueira Lima eu seu perfil no Facebook no dia 02 de agosto de 2014.

Parentes e amigos expressam sua tristeza e solidariedade por meio de mensagens publicadas nas redes sociais.

Para a neta Brunna Lima, “É tão mal você acordar com uma notícia que alguém que você ama se foi, alguém que é parte da tua infância, alguém que te fez ri, alguém que brincou com você… Alguém que te pegou no colo, que se tomou mais que um tio avô, era meu segundo avô… E você acordar e entender que ele não estará mais perto… doe muito, dá um nó na garganta, um pedaço de nós não estar mais com a gente…”, expressou.

morre-valdemar-calango (17)

Sergio Limeira disse que Valdemar Calango, leva consigo lembranças tradicionais da nossa Grajaú de outrora, desde a arte de ser ferreiro ao sobrenome tão característico da família.

Filhos de amigos e conhecidos de Valdemar também expressa a solidariedade a família “Minhas condolências, e que o espirito santo conforte o coração de toda essa família, sou filho do Lourenço da finada Zilda, e moro em Campinas, São Paulo”, disse Chagas Batista ao comentar a notícia da morte do grajauense.

O corpo de Valdemar está sendo velado na residência na Rua Rio Branco, Centro de Grajaú. O enterro será na manhã de quinta-feira (31) no cemitério central, após a missa de corpo presente na catedral Nosso Senhor do Bonfim.

veja fotos que ficaram na memória e no coração

Nos siga no Google Notícias
Redação Grajaú de Fato
Redação Grajaú de Fatohttps://grajaudefato.com.br
O portal em movimento, é um jornal online sobre notícias do município de Grajaú e região.

Comentários

1 COMENTÁRIO

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -[adrotate banner="5"]