Entrada do Balneário Canecão, bairro Trezidela

Faltando três dias para esgotar o prazo para a Prefeitura Municipal de Grajaú (PMG) dar informações das providências adotadas no Balneário Canecão ao Ministério Publico (MP), o governo municipal promoverá na manhã de quarta-feira (13), uma reunião para tratar do assunto. O evento contará com a presença do prefeito municipal de Grajaú, Mercial Lima de Arruda, secretários, funcionários das secretarias afins e do promotor de Justiça, Carlos Róstão Martins de Freitas.
A reunião é motivada pelo pedido do MP [Ofício n° 89/2012 – 1ª PJGr] entregue no dia 31 de maio de 2012 ao chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal de Grajaú, João Caetano, que dar o prazo de 15 dias para que sejam enviadas informações a Promotoria de Justiça sobre as providências adotadas em relação aos fatos noticiados no site Grajaú de Fato sobre o início das atividades do balneário no dia 20 de maio.
No documento, Róstão destaca o excesso no volume do som, tendo em vista que o balneário fica em frente aos prédios da Promotoria de Justiça e do Fórum, com perturbação ao sossego público, sendo um evidente prejuízo ao regular andamento dos trabalhos nos respectivos locais.
Na pauta da reunião que acontecerá no Prédio da Grota da Luz Frei Alberto Beretta, será discutido também a realização dos Jogos Abertos do Canecão este ano em sua 12ª edição.
Leia o ofício da 1ª PJGr sobre o assunto. Clique aqui.