O número de mortos em consequência das chuvas na região serrana do Rio subiu para 495, de acordo com balanço divulgado pelas prefeituras, Polícia Civil e informações do Corpo de Bombeiros. A Prefeitura de Teresópolis divulgou às 22h10 desta quinta-feira (13) que o número de corpos encontrados na cidade subiu para 223.

No município que agora lidera o número de mortos 1.200 pessoas estão desabrigadas e 1300 desalojadas. Entre os bairros mais atingidos estão o Caleme e Campo Grande, na zona urbana. Este último bairro teve destruição de 90%. Na Posse, a situação também está crítica. Bonsucesso, na zona rural do município, foi onde foram encontrados maior número de corpos, 40.

Em Nova Friburgo, a prefeitura confirma 216 mortos. Em Sumidouro, a chefia de gabinete da prefeitura informou que chegou a 19 o número de mortos. Em Petrópolis, foram confirmadas 39 mortes. Em São José do Vale do Rio Preto, o Corpo de Bombeiros divulgou que três pessoas morreram.

O último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde informou que o número de desabrigados, que perderam suas casas, chega a 2.800 em Petrópolis, 1.280 em Teresópolis e 1.970 em Friburgo. Em Sumidouro, são cerca de 200, de acordo com a prefeitura.

Já a quantidade de desalojados chega a 3.600 em Petrópolis, 960 em Teresópolis, 3.200 em Nova Friburgo e 300 em Sumidouro. Ainda não existe previsão de quando esses moradores poderão voltar para suas casas.

Informações: R7