Na sessão plenária da Câmara Municipal, nesta terça-feira (3) o vereador Clóvis Pombo (PT) indicou a necessidade de haver novo local para as instalações da sede dos Correios em Grajaú. Colocado em votação, a indicação foi aprovada. O parlamentar justifica que o prédio onde funciona a agência, além de estar em um local impróprio, não comporta a demanda do município e oferece riscos para a movimentação de valores, que é feita abertamente em via pública.

Na indicação, Pombo solicita que a administração municipal providencie novo local para as instalações da agência dos Correios. O presidente da Câmara, Marinaldo do Gesso (PT), disse que a indicação precisa ser analisada, já que não há conhecimento oficial por parte da Câmara do tamanho da área necessária para abrigar o prédio. “Há alguma sinalização de recursos por parte dos Correios? Tamanho de área? Se o município vai colaborar, isso é o básico a se saber; precisamos ter em mãos a planta baixa do futuro prédio”, afirmou.

Clóvis disse que a indicação é uma provocação sua, como vereador porque a situação dos Correios em Grajaú é grave. “Funcionários e clientes correm risco ali; não há segurança nenhuma e assaltos constantes por falta de uma localização estratégica; as carretas param ali com grandes volumes de dinheiro e isso tem provocado crimes”.

Além de pensar sobre a mudança do prédio onde há décadas funciona em frente à Praça Raimundo Simas, a vereadora Elisabete Nogueira (PV) disse que é interessante também pressionar para que haja uma segunda agência ou na Expoagra ou no Canoeiro. “Apenas tirar a agência do Centro não é bom, mas precisamos ampliar e melhorar o atendimento; por isso, sou contra a venda de lotes por parte da Prefeitura Municipal, pois futuramente precisaremos dos mesmos e não teremos como fazer permutas com o Governo Federal”.