Na intenção de consolidar a atividade turística em Grajaú e Barra do Corda, cidades localizadas no Polo Serras Guajajara, Timbira e Kanela, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), vai oferecer de forma simultânea, do dia 16 a 21 de março, ações da Caravana Mais Turismo. O objetivo é auxiliar e intermediar, junto aos operadores do trade local e os gestores municipais, uma série de serviços e capacitações para o fomento do setor.

Técnicos da Setur vão percorrer os municípios oferecendo atendimentos para adesão e renovação no Cadastur, cursos de qualificação profissional, palestras em escolas sobre o programa Mais Infância, Mais Turismo, reuniões com os membros dos conselhos municipais de turismo (COMTUR) e farão ações de fortalecimento com orientações do setor jurídico da Setur, para formalizações das Instâncias de Governanças Regionais (IGR’s).

A superintendência de regionalização fará também o levantamento dos atrativos turísticos da região (Inventário Turístico), com visitação na aldeia de Morro Branco e, por fim, ocorrerá a Blitz do Mais Turismo, Mais Infância alertando a população, em estabelecimentos dos municípios, no combate a exploração sexual de crianças e adolescentes em polos turísticos.

Serão oferecidos os cursos de Boas Práticas para Manipulação de Alimentos, Mídias sociais para Promoção e Comercialização do turismo, Qualidade no atendimento para Bares e Restaurantes (com carga horária de 8 horas), Elaboração de projetos para gestão pública no turismo e Noções Básicas de Empreendedorismo para Artesãos (com carga horária de 4 horas). Ao fim dos cursos, que são gratuitos, ocorrerá a entrega de certificados.

Durante a caravana itinerante acontecerão atendimentos para adesão e renovação de cadastros na plataforma nacional do Cadastur. Ao se regularizar, o profissional ou empresa pode ter acesso a programas de qualificação, participar de feiras, ações promocionais e eventos realizados pela Setur e Ministério do Turismo (MTur) e ter acesso a linhas de financiamento específicas para o turismo, por meio de bancos oficiais.