Buscando cortar gastos, o prefeito de Paço do Lumiar Josemar Sobreiro (PSDB) quer reduzir em 30% o próprio salário e também o do vice. Ele também propôs cortar em 15% os salários dos 12 secretários municipais O prefeito acredita que a economia será de R$ 2,5 milhões por ano. O pacote foi encaminhado à Câmara.

O gestor disse que o projeto faz parte da estratégia do município para enfrentar a crise econômica nacional, “Diante da crise financeira que assola o país, nós em Paço do Lumiar já sentimos a crise chegando. Então, para isso tem que tomar medidas drásticas no município”, explicou.

Com o corte, o salário do prefeito ficaria em R$ 13.300, sendo que, atualmente, Josemar Sobreiro recebe R$ 19.600. O salário do vice cai de R$ 14 mil para R$ 9.842, enquanto os secretários passam a receber R$ 7.590,50. A medida passa a valer assim que o projeto for aprovado na Câmara de Vereadores.

Moradores de Paço do Lumiar sofrem com falta de infraestrutura (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Moradores de Paço do Lumiar sofrem com falta de infraestrutura (Foto: Reprodução/TV Mirante)

O presidente da câmara municipal Leonardo Bruno Silva disse que houve “a manifestação do legislativo para que esses recursos sejam investidos em obras de infraestrutura”, principal reclamação de moradores da cidade, que integra a região metropolitana de São Luís.

A população estranhou o posicionamento do prefeito. “Eu acho isso aí meio estranho né? Dizer que vai cortar salário dele, diminuir, isso e aquilo. Nada disso eu acho que vai acontecer”, disse a dona de casa Maria Dalva dos Reis.

Para o pedreiro José Benedito Silva, causa estranheza a atitude do prefeito. “Eu não acredito. Ele vai fazer uma coisa dessas com ele mesmo?” questionou.