Por volta das 14h30 da tarde desta terça-feira, 27, aconteceu mais um
acidente na BR-226, na zona urbana de Grajaú. O fato envolveu um idoso
de mais de 80 anos, conhecido por Miguel ‘Nenzim’, pai do Albuquerque,
proprietário da Drogaria Helen, no centro da cidade que dirigia uma
caminhonete F-1000 Ford, amarela, e Leonardo Duarte Rabelo, 21 anos, que
conduzia uma caçamba 6×4 31-320 da Volkswagen, da empresa Gessosul
(mineradora de gesso).
De acordo com informações de testemunhas, o idoso teria entrado na
rodovia, saindo do Posto JM. O condutor da caçamba, Leonardo Duarte,
dirigia em alta velocidade na pista central, sentido Canoeiro –
Expoagra, quando acertou em cheio a lateral direita (lado do passageiro)
do senhor Miguel. “Foi muito forte, o idoso sacou longe do carro e já
caiu quase morto, só respirando”, contou Diniz Carvalho, funcionário da
Brasil Diesel nas proximidades do local do ocorrido. O ford amarelo do
Sr. Miguel  praticamente partiu ao meio.
Após o acidente a pista central da rodovia foi interditada pela
Fiscalização de Trânsito. Até as 16h50 os dois veículos ainda estavam no
local sendo retirados pelo reboque.
Esta
reportagem esteve no Hospital Geral de Grajaú (HGG) para onde foram
encaminhados os dois envolvidos no acidente. “Seu Miguel já chegou aqui
sem sinais vitais. Fizemos os primeiros atendimentos que são os RCP
(Ressuscitação Cardio-Pulmonar), mas sem sucesso. Foram feitas drogas
para tentar reanimá-lo, mas não tivemos êxito. Ele já chegou
desfalecido”, disse o enfermeiro Dimas Lima Cavalcante. Ainda de acordo
com ele, o idoso teve trauma de tórax e uma fratura no ombro direito
superior e, “provavelmente, baço e fígado atingidos”. O Sr. Miguel foi
atendido no hospital por volta das 15h30.
Não pudemos conversar com Leonardo que estava na sala vermelha do HGG,
local onde são encaminhados os pacientes em estado grave.