Um grupo de seis estudantes do curso de Zootecnia da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), pólo Grajaú, partiram no dia 7, rumo à cidade de Viçosa (MG), onde estão em estágio curricular obrigatório, na Universidade Federal de Viçosa (UFV) – a melhor universidade de ciências agrárias do país, referência em pesquisas e estrutura reconhecida mundialmente. O estágio terá a duração de três meses. Durante esse período os alunos colocarão em prática os conhecimentos adquiridos ao longo dos quatro anos do curso desenvolvido no Centro de Estudos Superiores de Grajaú (CESGRA).

Das 30 vagas oferecidas pela UFV, somente os seis alunos do CESGRA estão participando do estágio que trabalhará os conhecimentos de pesquisas, procedimentos e práticas da profissão.

“Estamos no centro da pesquisa, a vida aqui é muito corrida, o local até que é bonito. O campus da UFV é muito grande e tem uma extensão maior que a própria cidade de Viçosa”, disse o estudante Ednaldo dos Santos, conhecido em Grajaú, por Fogoió. “Em todas as áreas tem pesquisa sendo feita. Nós estamos acompanhando os experimentos de novas fontes de alimentos que podem vir ser utilizadas na alimentação dos animais; um deles, por exemplo, é a substituição do farelo de soja por levedura na alimentação de ovinos”, completou o universitário, animado com a experiência.


Depois desse estágio no interior de Minas Gerais, os seis jovens, dentre eles cinco dos municípios de Caxias, São Luís, Barra do Corda, Sítio Novo e Itaipava, que há quatros anos e meio residem em Grajaú se empenharão na preparação do relatório de estágio e na defesa da monografia.

Leia mais em nosso site: http://grajaudefato.com.br e siga-nos no Twitter: http://www.twitter.com/grajaudefato