Dia 12 de novembro passado foi um dia mágico, de sorriso aberto na secretaria de estado das cidades e desenvolvimento urbano, a secid. O secretário Filadelfo Mendes Neto, o Filuca, distribuiu 11 milhões de reais em convênios e aditivos para 11 prefeituras amigas, construírem 1.046 casas que devem ser entregues até o dia 30 de junho deste ano, às portas das eleições de outubro.

O mais curioso é que algumas prefeituras, ao que parece, são mais amigas do que outras e receberam mais, mesmo como no caso de Bacabal e Codó, em que o número de casas previstos foram iguais.

Enquanto o prefeito de Bacabal Raimundo Lisboa, que é presidente da Famem e apoiava o ex-governador Jackson Lago, recebeu R$ 2.646.900,00; o de Codó, José Rolim Filho, aliado anterior da governadora Roseana Sarney, recebeu apenas R$ 1.323.450,00 para construir as mesmas 200 casas.

Pior ficou para a ex-deputada e prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge, que recebeu o mesmo valor de Rolim Filho, mas para construir 34 casas a mais, ou seja, 234. Na melhor das hipóteses, as casas de Bacabal são maiores do que as de Codó, que por sua vez, são amplamente melhores que as de Lago da Pedra.

Em um continha simples, dividindo o valor do convênio pelo número de casas, cada casa em Bacabal vai custar em média 13 mil reais, enquanto em Codó sairá por 6 mil reais, e em Lago da Pedra, fica por 5 mil reais.

Com mesno casas para construir, o prefeito de Grajaú, Mercial Arruda, não pode reclamar. Assinou convênio de R$ 780.836,00 para construir 59 casas, o que pela simples matemática, terá o mesmo padrão de Bacabal de casas a 13 mil reais, lembrando ainda, que no seu caso, foi um termo aditivo.

As resenhas publicadas no Diário Oficial do mês de dezembro não especificam outros tipos de obras que possam justificar as diferenças de valores para a construção das casas.
Veja abaixo os valores dos convênios e dos termos aditivos que cada prefeitura amiga recebeu e quantas casas estão previstas:

TERMOS ADITIVOS

Grajaú R$ 780.836,00 – 59 casas
Cajari R$ 661.725,00 – 50 casas
Lago da Pedra R$ 1.323.450,00 – 234 casas
Santa Helena R$ 564.084,00 – 43 casas

CONVÊNIOS

Itapecuru – R$ 661.725,00 – 50 casas
Lago do Junco – R$ 661.725,00 – 50 casas
Magalhães de Almeida – R$ 661.725,00 – 50 casas
Bacabal – R$ 2.646.900,00 – 200 casas
Codó – R$ 1.323.450,00 – 200 casas
São Luiz Gonzaga – R$ 622.022,00 – casas
Rosário – R$ 926.415,00 – 70 casas

Leia mais em nosso site http://grajaudefato.com.br e siga-nos pelo Twitter: http://www.twitter.com/grajaudefato