No dia 10 de abril, o Ministério Público do Maranhão propôs Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra o ex-prefeito Mercial Lima de Arruda por contratações irregulares de diversos servidores sem concurso público.