O Portal em movimento

O Portal em movimento

Em sessão plenária, vereadores se unem contra Simone Limeira

Segundo parlamentares, a ex-candidata e seus cabos eleitorais teriam “difamando” os vereadores por não apoiarem os candidatos de Grajaú durante as campanhas eleitorais
Como jamais visto antes nas sessões plenárias da Câmara Municipal de Grajaú, os vereadores se uniram na manhã da terça-feira, 7, em torno de um propósito: responder aos supostos atos de Simone Limeira pelo município ao longo de sua campanha para candidata a deputada estadual. De acordo com a maioria dos vereadores, Simone andava falando mal dos parlamentares, no entanto, nenhum conseguiu dizer de que forma, onde ou como isso se deu.
Outro ponto que tomou toda a manhã daquele dia de trabalhos da sessão plenária foi a série de ataques dos parlamentares a Simone por ela ter ido à Rádio Aliança FM, no dia anterior, 6, responder às críticas do prefeito Júnior Otsuka, que esteve minutos antes na Rádio Cidade FM falando sobre a vitória do governador Flávio Dino (ENTENDA AQUI). “Ao invés de ir para os meios de comunicação falar mal dos políticos, deveria era agradecer pelos votos que conseguiu”, disse José Jairo ao se pronunciar na tribuna. “Tem políticos (Simone) que já estão declarando que são candidatos a prefeito em 2016; tem que ter mais humildade, isso está faltando na pessoa que está falando demais”, atacou.
O presidente da Câmara e braço direito do prefeito Júnior Otsuka, Marinaldo do Gesso, chamou Simone de “aventureira política” e disse que ela se posta como alguém com projetos pessoais. “Quem tem projeto pessoal não consegue avançar na política; ninguém é eleito por liderança política, mas pelo povo”, afirmou se referindo às declarações da Simone de que será a candidata a prefeita de Flávio Dino à Prefeitura de Grajaú em 2016.
Também lamentou as supostas ações de difamação o vereador Domingos Preto. Zé Leão justificou o motivo de não ter apoiado a pecedebista. “Quero deixar claro ao povo que não apoiei Simone ou Antônio Matias por que eu também já fui candidato a deputado estadual, recorri a eles para me apoiarem, mas ela apoiou a candidata Isamara e o Antônio Matias o Arnaldo Melo; por isso eu não tinha por que apoiá-los”. O parlamentar também pediu para Simone ir com calma em suas declarações. “É o povo de Grajaú quem vai decidir quem serão os candidatos a prefeito daqui a dois anos”.
Clóvis Pombo aproveitou os seus minutos para fazer uma série de acusações à gestão da sobrinha de Simone, Laire Sameline, na administração do SAAE em 2013. “Ela deixou um rombo de mais de 1 milhão de reais naquela autarquia”, disse. Segundo Pombo, nas eleições de 2010, Simone o chamou para apoiar Isamara que concorria a uma cadeira na Assembleia Legislativa do Maranhão. “Você também já apoiou candidatos de fora quando Otsuka foi lançado candidato a deputado; por que agora fala mal dele?”, questionou. Ele só se esqueceu de dizer na época Otsuka e Simone não tinham compromissos políticos.
Raimundo Grande falou da união que existe no parlamento grajauense. “Os vereadores dessa casa são todos unidos e juntos fizeram uma campanha bonita, mas não vi em nenhum momento vereador falar mal do colega. Se tiver alguém por aí falando que somos desunidos é mentira. Fomos eleitos para trabalhar em benefício de um povo”. Grande ainda aplaudiu a gestão do prefeito de Grajaú. “A Simone deveria agradecer a sua votação ao povo que confiou nela. Tinha que fazer como o prefeito Otsuka que não falou mal de ninguém, só agradeceu e é um prefeito que sabe conduzir os seus eleitores”.
Política do Medo
Como um coelho tirado da cartola, Elisabete falou de medo do governo Flávio Dino e se dirigiu aos ouvintes da Rádio Aliança FM pedindo para ficarem calmos, que não tenham medo de perder os seus empregos, já que Flávio Dino foi eleito governador. “Está todo mundo com medo. Fiquem calmos. Vocês têm uma Câmara por vocês. Todo mundo precisa do político de Grajaú. Vamos todos nos acalmar, pois estão todos com os ânimos exaltados, inclusive a Simone. Eles têm que dá emprego para os aliados deles, mas tudo irá se resolver”.
O vice-líder do governo na Câmara, Zezinho das Motos, disse que o grupo político de Otsuka está mais firme do que nunca, já que conseguiu eleger o deputado estadual Antônio Pereira, que tirou 5 mil votos em Grajaú e declarou que Otsuka “vem fazendo um governo com decência e responsabilidade”. Ele ainda lançou a hipótese de um governo perseguidor com a aliança formada entre Flávio Dino e Simone. “Se prepare por que se for incentivar a perseguição aos grajauenses, nós iremos dar a resposta em 2016”.
Já o líder do Governo, Telmiston Carvalho, destacou que todos são livres para votarem em quaisquer candidatos, sejam de fora ou do município. Como sempre acontece em seus discursos, ele chamou as pessoas que usam os meios de comunicação para atacar os vereadores, para lançarem as suas candidaturas. “Não é bonzão? Por que não se candidata, não disputa um cargo na Câmara?”. Ele também explicou por que não apoiou os candidatos da terra. “Não a apoiamos por que temos um grupo”. Ele também falou de medo ao se referir ao governo de Flávio Dino. “O governador Flávio é inteligente, ele não irá fazer mal aos municípios, e irá receber todos os prefeitos em seu gabinete”.
Nos siga no Google Notícias
Redação Grajaú de Fato
Redação Grajaú de Fatohttps://grajaudefato.com.br
O portal em movimento, é um jornal online sobre notícias do município de Grajaú e região.

Comentários

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Sicoob Centroleste chega no centro da capital do Estado do Maranhão

Com a presença dos novos associados, membros dos conselhos de administração e fiscal, diretores da cooperativa, funcionários, entidades de...
- PUBLICIDADE -