O presidente da Câmara de Vereadores de Grajaú, Evandro Costa Jorge, concedeu sua primeira entrevista exclusiva ao site Grajaú de Fato. Na oportunidade ele respondeu sobre princípios de legalidade, Conselho de Ética, mudanças na sua gestão, relação com o poder executivo e com a imprensa. Evandro destacou que não haverá grandes mudanças em sua gestação e deixou claro que o compromisso com a Constituição Federal, e o Regimento Interno da Câmara grajauense serão respeitados durante sua gestão. “Não irei colocar ninguém no corpo de funcionários, vamos trabalhar na capacitação e quem quiser fazer curso de computação a Câmara vai patrocinar; estamos tomando as medidas cabíveis e legais e volto a reafirmar o que disse em alguns discursos: nós não vamos nos curvar a ninguém. Nós vamos sim fazer um poder legislativo independente”, destacou o presidente. O presidente da Câmara também frisou que o Conselho de Ética ficará atento ao decoro parlamentar. Ele disse que até o fim de seu mandato a casa terá que andar na linha para que se tenha em Grajaú “uma casa limpa”, disse ele se referindo à Câmara. “Se minha casa é desarrumada, eu não posso arrumar essa casa aqui que é do povo; o Conselho de Ética vai verificar a situação de cada vereador. Não podemos distinguir a vida pública da vida privada; é tudo a mesma coisa e os parlamentares terão que andar na linha durante meu mandato; portanto, enquanto eu estiver aqui vai ter uma casa limpa, digna e honesta. Custe o que custar”, garantiu Evandro. Durante a entrevista, o presidente insistiu em reafirmar que a Câmara não vai deixar ser levada pelas vontades do Poder Executivo e que a casa será independente nos próximos dois anos. “Nós vamos cumprir com o regimento. Não estou dizendo que o projeto vai ser aprovado ou desaprovado. Estou dizendo que vai ser cumprida a lei, só isso. O que quero dizer é que as coisas que aconteciam anteriormente erradas, não vão acontecer neste mandato. Eu digo muito meu amigo, companheiro, se sou homem não é porque visto calça não.; é pelos meus atos, minhas atitudes, meu relacionamento com pessoas e aqui vão ser cumpridas as leis; repito, doa a quem doer”. Evandro Jorge apresentou ao Grajaú de Fato duas novidades na sua gestão como presidente da Câmara: a criação da Tribuna Popular, que funcionará na casa para ouvir o que o cidadão tem a dizer sobre os trabalhos dos vereadores e da Prefeitura, e a publicação e digitalização de conteúdos públicos da Câmara para acesso livre de internautas em todo o mundo. “Queremos elevar a condição da pessoa a cidadão. Um dos modos de se fazer isso é através da tribuna popular. As pessoas terão espaço para falar sobre determinado assunto. Isso nós vamos criar a partir de mecanismos legais para que a população seja ouvida”. Já a publicação de materiais, disse Evandro, “infelizmente não temos um provedor de internet. Na minha primeira gestão eu coloquei um site da Câmara no ar, mas hoje vamos digitalizar todo o material que nós temos para acesso livre e a imprensa de Grajaú terá acesso não somente ao presidente desta casa, mas a todos os seus atos. Eu não tenho rabo preso com ninguém e nem vou ter, e volto a dizer: eu não vou me curvar a ninguém, nem para à situação nem para à oposição”, completou.ASSISTA AO VÍDEO DESTA ENTREVISTA