A novela começou em março de 2010 quando o Hospital São Francisco de Assis redigiu um texto com o título “O Povo de Grajaú precisa saber a Verdade!”. Desde essa época, há um ano, a Sociedade São Camilo, proveniente da Itália, vem se esforçando para não deixar o Hospital fechar as portas. A relação entre Sociedade Beneficente São Camilo e Prefeitura de Grajaú tem se tornado mais distante à medida que o poder público municipal não tem cumprido seu dever de atender os pacientes através do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com a direção do Hospital, desde o início do ano passado, a Secretaria de Saúde de Grajaú repassa R$ 11,00 referente a cada atendimento médico do Pronto Atendimento do Hospital e não contribui com nada para manter o médico plantonista. Em 2010, nos meses de janeiro e fevereiro, o Hospital tinha internado 488 pacientes, mas destes só 370 foram pagos pela Secretaria de Saúde. Na época, a Prefeitura dizia que estava tudo pago. “Como podem falar que está tudo pago se há ainda 118 internações sem pagamento”, questionou o Hospital na época. Um ano depois, a Sociedade São Camilo não vê outra saída a não ser divulgar um aviso prévio para o encerramento do contrato entre Prefeitura e Sociedade Filantrópica. “Fica estabelecido o prazo de 120 dias, a contar da data deste aviso, para o encerramento do contrato. Fica dado conhecimento que a medida adotada pela contratada chegou ao limite da possibilidade sustentável da manutenção do Hospital São Francisco de Assis diante as receitas recebidas até esta data sem que tenha havido a construção do Plano Operativo, que permanentemente apresenta saldo devedor por parte da municipalidade de Grajaú, que se acumula ano a ano”, diz um trecho do aviso prévio. A data estabelecida pela direção do Hospital São Francisco de Assis vence no dia 22 de junho de 2011. Caso a Prefeitura não cumpra sua obrigação de integrar o Hospital ao SUS, frisa o texto, “com a presente medida, acautelamos que na data de 22 de junho, estarão sendo encerradas as atividades médico-hospitalares por meio do Hospital São Francisco”. Leia na íntegra o aviso prévio do Hospital São Francisco de Assis Veja fotos da sessão na Câmara de Vereadores com o objetivo de chegar a um acordo entre Hospital e Secretaria de Saúde. Dia 26 de abril de 2010.