O Portal em movimento

O Portal em movimento

Funcionários do Hospital São Francisco vestidos de preto fazem caminhada no Dia Nacional de luto pela crise das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos

Um grupo de funcionários do Hospital São Francisco de Assis, da Sociedade Beneficente São Camilo, vestindo trajes na cor preta participaram de uma passeata na manhã da última quinta-feira, 25, pelas ruas do centro da cidade de Grajaú.
O movimento fez parte do Dia Nacional de Luto pela Crise das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos proposto pelos 600 representantes de hospitais e entidades filantrópicas no último Congresso Nacional das Santas Casas e hospitais Filantrópicos, promovido em Brasília no mês de agosto.
“Os serviços do Hospital São Francisco de Assis estão funcionando normalmente, mas toda rede São Camilo aderiu a esta paralisação nacional que tem o objetivo de chamar a atenção da mídia, do governo e da população em geral sobre a crise que ameaça a sobrevivência dessas instituições, e, consequentemente, o funcionamento do SUS”, informou o radiologista Franque Cortez que conduziu a caminhada.
O bispo diocesano de Grajaú, dom Franco Cuter também deixou sua palavra de apoio ao movimento. “Espero que essa mobilização chame a atenção das pessoas; fico preocupado porque não só as autoridades, mas também a sociedade civil deveria reconhecer o quanto foi, e é importante o hospital São Francisco. O povo está completamente alheia à situação”, lamentou.
Também participaram do ato, agentes das Pastorais Sociais da Igreja Católica e conselheiros de saúde, entre eles o presidente do Conselho Municipal de Saúde João Batista da Silva e Silva.
Entre as reivindicações do Hospital São Francisco de Assis, estão:
Incentivo financeiro da Prefeitura Municipal de Grajaú para garantir o serviço de obstetrícia que está ameaçado de fechar as portas no próximo dia 7 de novembro, porque requer médicos especialistas, que custam caro; os repasses do IAC (Incentivo de Adesão a Contratualização) que estão sendo segurados pela Prefeitura desde dezembro de 2013, quando o Governo Federal destinou R$ 133.674,16 (cento e trinta mil reais, seiscentos e setenta e quatro reais e dezesseis centavos) ao Hospital São Francisco, dividido em três parcelas, sendo que a última foi depositada pelo Ministério da Saúde no último mês de março;
E o pagamento do débito de R$ 1,2 milhão deixados pela gestão do então prefeito Mercial Lima de Arruda.


Nos siga no Google Notícias
Redação Grajaú de Fato
Redação Grajaú de Fatohttps://grajaudefato.com.br
O portal em movimento, é um jornal online sobre notícias do município de Grajaú e região.

Comentários

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

01:56:38

Em programa especial sobre os 211 anos de Grajaú, TV Sinteegra On-line desta economia do município

Na manhã sexta-feira (29/04), data comemorativa do Aniversário do Município de Grajaú, neste ano completando 211 anos de fundação,...
- PUBLICIDADE -