O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu em defesa do Brasil e disse não ter nenhum receio de ser otimista em relação ao país. Para ele, aqueles que apostarem no fracasso do Brasil vão “quebrar a cara”.

“Quando vejo pessoas falarem, pessoas que quebraram esse país duas vezes, tentar apostar que o país vai quebrar… eles vão quebrar. O Brasil vai se recuperar”, afirmou o ex-presidente, durante cerimônia de posse da nova diretoria do Sindicato dos Bancários do ABC.

“Não tenho medo de ser otimista. Somos um país grande, com uma enorme capacidade de recuperação e um mercado interno de 204 milhões de consumidores. Quem apostar no fracasso deste país vai quebrar a cara”, continuou.

Aos sindicalistas, Lula disse estar “cansado” da perseguição e criminalização às esquerdas do Brasil. Além disso, ele relembrou as conquistas do povo brasileiro nos últimos 12 anos.

“Eu nunca tinha visto pessoas que se dizem democráticas terem tanta dificuldade em aceitar uma derrota em eleição”, criticou.

“Eles não conseguem suportar o fato de que, em 12 anos, um presidente que tem apenas o diploma primário colocou mais estudantes na universidades do que eles colocaram em um século. Que esse presidente colocou três vezes e meia mais estudantes em escolas técnicas do que eles em 100 anos”, lembrou o ex-presidente.

“Que levou energia elétrica de graça para 15 milhões de pessoas. Que não deixou eles privatizarem o Banco do Brasil, a Caixa e os bancos do Espírito Santo, de Santa Catarina e do Piauí. Que nos últimos 12 anos nós bancarizamos 70 milhões de pessoas, gente que entrou numa agência bancária pela primeira vez sem ser para pagar uma conta. Acho que isso explica o ódio e a mentira dessas pessoas”, completou Lula.

Fonte: Agência PT, com informações do Instituto Lula. Foto: Fotos Públicas 

Comentários

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.