Famílias residentes próximo às margens do rio Grajaú, em Grajaú-MA, já estavam atentas ao nível de água do rio na noite de terça-feira (03/03). As equipes da Defesa Civil, Guarda Municipal, Bombeiros Civil, firam de prontidão para atender as famílias, informaram que nas primeiras horas da madrugada, já havia atingido a cota de inundação.

Com o acumulado de chuvas na região da Serra Negra, onde nasce a maioria dos rios do estado do Maranhão, o nível do rio subiu e na tarde da quarta-feira (04/03), os moradores do bairro Trizidela começaram a abandonar suas casas.

O prefeito Municipal de Grajaú, Mercial Lima de Arruda, esteve no local, acompanhando os trabalhos dos agentes públicos de segurança, e para solidarizasse com as famílias ribeirinhas e prestar seu apoio como gestor público do município.

Durante a noite, muitas residências já estavam atingidas pela água. Essas casas específicas, segundo a Prefeitura Municipal de Grajaú, costumam ser afetadas por quaisquer mudanças no nível do rio Grajaú, isso por estarem muito próximas ao leito.

Juntamente com as equipes de apoio e segurança, o prefeito esteve novamente vistoriando a ponte de madeira (cartão postal da cidade), e as famílias atingidas da Avenida Antonio Borges na madrugada de quarta para quinta-feira.

 

Logo no início da manhã de quinta-feira (05/03), as equipes de apoio da Defesa Civil, Bombeiros, moradores e voluntários, deram início a retirada dos móveis e pertences das famílias atingidas pelo rio que já passava dos 12 metros de água.

Antes de 2011, a última enchente registrada com a mesma proporção foi em 1995, porém, no mês de abril.

Veja fotos do site toqueto.com

Enchente do Rio Grajaú 2020 (veja fotos)