Vítima foi assassinada na porta de casa na tarde desta segunda-feira (22). Ele trabalhava no Serviço de Inteligência do 13º Batalhão da PM.
  
O sargento da Polícia Militar conhecido Brisca (idade não informada) foi morto a tiros na tarde desta segunda-feira (22), na região do Panaquatira, em São José de Ribamar, cidade balneária da Região Metropolitana de São Luís.
Segundo a Polícia Miliar, dois homens armados em uma motocicleta teriam disparado contra o sargento, que teria sido atingido com quatro tiros, um deles na cabeça, na porta de casa. Ele trabalhava no Serviço de Inteligência do 13º Batalhão da PM.
Dados
Com a morte, sobe para 18 o número de policiais assassinados em 2014, no Maranhão, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) e do Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão (Sinpol-MA).
É o segundo sargento morto neste mês, na Região Metropolitana de São Luís. No dia 7 de dezembro, o sargento Carlos Magno Pereira de Sá, 42, foi assassinado quando estava em uma lanchonete perto de casa, na região da Forquilha, na capital maranhense. A polícia investiga se ele foi alvo de latrocínio (roubo seguido de morte) ou execução premeditada.
No dia 14 de dezembro, aproximadamente 300 pessoas participaram de uma passeata para pedir o fim da violência contra policiais e melhorias na segurança pública do Maranhão, na Avenida Litorânea, em São Luís.
G1 Maranhão