No primeiro dia de Governo, ele anunciou convocação de mais 1.000 novos aprovados no concurso para a PM

Repercutiu muito bem entre os policiais militares e bombeiros a presença do governador Flávio Dino na cerimônia de posse dos novos comandantes e subcomandantes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. A presença diante das tropas que cuidam da Segurança Pública no Estado esteve entre as prioridades do seu primeiro dia de trabalho.

Nos dois momentos de passagem de cargo, Flávio Dino mostrou-se próximo da corporação e sensível aos problemas enfrentados pelos militares. Adiantou que as dificuldades aparecerão, pois não será possível “dar jeito em um mês naquilo que deixaram de fazer por 50 anos”. Por isso mesmo, pediu empenho ainda maior da tropa para proteger a população e deu aos militares a garantia de ter um governador presente e honesto.

Flávio fez questão de ressaltar à tropa que não se omitirá nos momentos de crise. “Eu e minha equipe assumiremos as responsabilidades pelos nossos atos. Vocês terão em mim um líder leal, que vai ouvir a tropa”, garantiu o governador, ao reiterar que os maiores especialistas em Segurança Pública são aqueles que fazem o dia-a-dia do policiamento e proteção da população nas ruas.

Os relatos daqueles policiais e bombeiros que ouviram o pronunciamento do novo governador diante da tropa foi de muito entusiasmo. Além de demonstrar respeito e apreço pelo trabalho dos servidores da PM e do CBM, Flávio Dino mostrou propriedade ao relatar problemas e ações que serão implantadas pelo novo Governo para melhorar a Segurança Pública. O assunto repercute nas redes sociais e grupos de debate da corporação.

No primeiro dia de Governo, ele anunciou convocação de mais 1.000 novos aprovados no concurso para a PM; assistência jurídica gratuita a policiais processados por exercício da profissão; e revisão das regras para ingresso, promoção e transferência na carreira da PM, dando transparência ao processo.