A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado fez sua primeira reunião do ano na manhã desta quarta-feira (18). O senador Edison Lobão (PMDB-MA) vai comandar o colegiado até o fim de 2016. A vice-presidente será a senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE). Ambos foram eleitos por aclamação, visto que foram os únicos indicados.

Já na próxima semana, o novo presidente vai ter a tarefa de pôr em análise um pedido do senador Paulo Paim (PT-RS) de convite ao ministro do Planejamento, Nelson Barbosa. O representante do Rio Grande do Sul quer debater as Medidas Provisórias 664 e 665, que tornam mais rigorosas concessões de benefícios sociais.

— Há uma preocupação grande com essas propostas, e elas tocam diretamente na questão social. Sou daqueles que acreditam que o governo vai negociar com o Congresso. As MPs não passarão como estão. O governo sabe que tem que dialogar. Num momento delicado da conjuntura nacional, essa comissão não pode deixar que o tema seja discutido em outras instâncias e vá direto para o Plenário — argumentou Paim, que foi orientado por Lobão a apresentar na próxima semana um requerimento formal pedindo convite.