Da Redação do GF

Na última semana, foi assinado o acordo de cooperação técnica para implantação do Sistema Universidade Aberta do Brasil, em Grajaú. Contrato foi assinado pelo reitor do Instituto Federal do Maranhão, José Costa. O prefeito Mercial Lima de Arruda também assinou o documento que também foi assinado pela Cooperação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Com o acordo, quem ganha é a educação grajauense, que vai expandir a educação superior na região e formar professores em informática. Serão beneficiados, a princípio, cerca de 50 profissionais. O vestibular ocorreu no último dia 16 e as aulas têm início no próximo dia 12 de setembro.

Para que as aulas aconteçam, segundo a Assessoria de Imprensa do Instituto Federal do Maranhão, a nova instituição contará com um laboratório de informática equipado com internet de alta velocidade. “É toda uma estrutura de pólo para que possamos trabalhar da melhor maneira possível com esses alunos”, explicou o coordenador geral da UAB, no Instituto Federal do Maranhão, André Luis Santos.

Durante a reunião, o prefeito de Grajaú mostrou-se entusiasmado com o novo projeto educacional, e afirmou que quer dar boa formação aos professores do município. “Nós precisamos formar cada vez mais bons professores, esta é principal razão de termos assinado esse acordo”.

“O ensino a distância supre a carência de ensino superior nos lugares distantes e tem a mesma qualidade de ensino dos cursos presenciais e nós primamos por esta qualidade”, enfatizou a Natilene Brito, coordenadora adjunta da UAB, no Instituto. A reunião contou ainda com as presenças da pro-reitora de Ensino, Marise Piedade, do diretor geral de Educação a Distancia, Santiago Filho e do vereador de Grajaú, Ranilson Silva.

Acesse nosso site: http://grajaudefato.com.br