No início da noite deste domingo, o delegado de polícia da Barra do Corda, Edmar Gomes Cavalcanti, ao tentar cruzar a reserva Canabrava, na BR-226, numa moto entre Grajaú e Barra do Corda se envolveu em confusão com indígenas.

Segundo notícias, o delegado Edmar Cavalcanti foi agredido, um dos seus dedos foi decepado e na reação entre cinco a oito índios foram baleados.

O delegado ainda teria sido baleado no abdômen, socorrido por um caminhoneiro e foi levado para Imperatriz em estado grave. Ainda de acordo com informações, quatro índios estão em estado grave foram transferidos para hospital em Presidente Dutra. Um está com um tiro na cabeça e outro no pescoço. Os outros, em situação menos grave, foram levados para Barra do Corda. Notícias relacionadas: Índios ameaçam fechar BR-226 neste domingo Indígenas podem bloquear BR-226 a qualquer momento