Aproximadamente 200 indígenas Guajajaras estão acampados desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (2), em frente à Secretaria de Estado da Educação (Seduc), no Monte Castelo, em São Luís. Alguns se acorretaram às grades da secretaria e deram início a uma greve de fome.

O grupo de manifestantes reivindica melhorias nas escolas localizadas nas aldeias dos municípios de Amarante, Jenipapo dos Vieiras, Barra do Corda, Grajaú e Arame, no centro do estado maranhense.

A Secretaria Estadual da Educação informou que se reuniu com as lideranças indígenas  apresentando o cronograma de pagamentos definido pelo governo do Estado para sanar “dívidas herdadas da administração anterior” e avisou que já começou a pagar as parcelas pendentes de convênios dos anos de 2013 e 2014.

Fonte: G1 Maranhão

Comentários

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.