Nosso estado tem que virar a página do passado, tem que olhar para frente, para o futuro; não podemos ser escravos de um grupo político que acha que é dono do Maranhão.