No passado o Tribunal de Contas da União (TCU) teve muito trabalho no Maranhão. Isso porque foram condenados nesse estado 37 ex-prefeitos maranhenses por irregularidades administrativas ou omissão na prestação de contas de verbas repassadas, principalmente por convênios e programas federais.

Educação, por meio do fundo de manutenção e desenvolvimento da educação básica e Valorização dos profissionais da educação (Fundeb), repasses do Fundo Nacional de Saúde (FNS), estão entre as áreas que mais registraram irregularidades.

Confira, abaixo, lista de cidades apontadas pelo TCU que apresentam irregularidades:

Imperatriz, Santa Luzia do Paruá, Amarante do Maranhão, Presidente Dutra, Palmeirândia, Vitorino Freire, Barão de Grajaú, Governador Archer, Açailândia, Araguanã, Bela Vista do Maranhão, Caxias, Gonçalves Dias, Cidelândia, Marajá do Sena, Pindaré-Mirim, Rosário, São Domingos do Maranhão, São Francisco do Maranhão, Vargem Grande, Chapadinha, Riachão, Paço do Lumiar, Altamira, São Mateus, Lima Campos e Alcântara.

Confira mais notícias em nosso site http://grajaudefato.com.br ou pelo Twitter: http://www.twitter.com/grajaudefato