O Portal em movimento

O Portal em movimento

Grajaú vai realizar 1ª Conferência municipal de segurança pública

O município de Grajaú tem pouco mais de 54 mil habitantes e apenas 1 viatura para garantir segurança à população

No fim do mês de junho aconteceu uma audiência pública no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Grajaú com o objetivo de oficializar a 1ª Conferência Municipal de Segurança Pública, que ocorrerá em 24 de julho.

Durante a audiência, os juízes Euclides e João Pereira Neto, e o capitão da PM, James Dean, reafirmaram preocupação com a segurança do município. “É muito angustiante desenvolver qualquer trabalho nessas condições, pois falta gente capacitada, infra-estrutura física e financeira para melhorar os serviços”, disse o juiz da 1ª vara, Dr. Euclides.

Segundo o presidente da Câmara de vereadores, Clesiomar Viana, os parlamentares indicaram a implantação de um Posto da Polícia Militar nos povoados de Alto Brasil e Remanso, entre outras reivindicações na área de segurança pública.

O ouvidor geral da Secretaria de Estado de Segurança cidadã (SESEC/MA), José de Ribamar, disse em sua apresentação que o Maranhão foi o primeiro dos 27 estados da federação a implantar a instância de controle social da atividade policial que se dá através da ouvidoria de segurança cidadã.

Ele citou também a 1ª conferência Nacional de segurança pública (Conseg) que vai ocorrer de 26 a 28 de agosto, em Brasília, com o objetivo de definir princípios e diretrizes orientadoras da Política Nacional de Segurança Pública, com a participação da sociedade civil, trabalhadores e poder público como instrumento de gestão, visando efetivar a segurança como direito fundamental.

Explicou ainda que o evento faz partes das conferências livres da ouvidoria de segurança cidadã do núcleo do 5° DP, área Sul do estado do Maranhão. Apresentou os seis eixos temáticos, selecionados por importância para uma segurança pública de qualidade.

Ao concluir sua apresentação, o ouvidor convidou o município para participar da Conferência de Segurança Pública do estado do Maranhão, que será realizada de 23 a 25 de julho, no Centro de Convenções de São Luís, próximo a Assembleia Legislativa do estado.

Devem participar três delgados de cada município, dois representantes da sociedade civil e um do poder público.
Mais informações no site do Conseg. www.mj.gov.br;coferencia ou www.conseg.gov.br.

Logo após os participantes fizeram seus questionamentos, sugestões e reclamações. O candidato a vice-prefeito pelo PT, no pleito passado, Antônio Carlos, afirmou que algo concreto deve ser feito para denunciar a insegurança em Grajaú. “Os grajauenses vivem em insegurança e nada está sendo feito. As autoridades deviam demonstrar compromisso com esta situação”, afirmou.

A audiência foi transmitida pela Rádio Comunitária Aliança FM e teve a participação de alguns ouvintes que fizeram algumas perguntas.

Leia mais. Acesse: https://grajaudefato.com.br

Nos siga no Google Notícias
Redação Grajaú de Fato
Redação Grajaú de Fatohttps://grajaudefato.com.br
O portal em movimento, é um jornal online sobre notícias do município de Grajaú e região.

Comentários

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Pré-candidato a vice-governador pelo PT Felipe Camarão envia recado aos amigos de Grajaú

O grupo de apoiadores em Grajaú do pré-candidato a vice-governador do Maranhão na chapa de Carlos Brandão, recebeu nesta...
- PUBLICIDADE -